Estratégias de Marketing Social - Vamos por em prática?

Estratégia de marketing social: Como mudar o mundo e fazer a sua empresa crescer?

Para traçar as corretas estratégias de marketing social, as empresas buscam saber quais os interesses, desejos e objetivos de seu público-alvo.

Semana passada vimos o que é o marketing social, como ele funciona e as marcas que já o fazem. Dessa vez, vamos ver o quanto essa estratégia produz de retorno para as empresas.

Se você parar e prestar atenção, em uma rápida busca na Internet vai perceber um aumento significativo do interesse das pessoas para causas sociais. Isso ocorre pois, os brasileiros de forma geral estão cada dia mais engajados em políticas sociais, projetos beneficentes e buscando, sempre que possível, contribuir para o bem comum e ajudar os menos favorecidos.

(Isso não é maravilhoso? Notar essa preocupação com nosso próximo?

Todo essa carinho com nossos semelhantes despertou nas empresas uma oportunidade para atingir os seus objetivos de impactar o mundo e, ao mesmo, atrair clientes simpatizantes com a causa e futuros compradores.

 

Como implementar as estratégias de marketing social na prática?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, trabalhar o marketing social dentro de uma empresa não é assim tão fácil.

Para além de campanhas pontuais como “Campanha do Agasalho”, sua empresa precisa ter uma presença forte no âmbito social e claro, se responsabilizar 100% por suas ações.

Tendo isso em vista, fica evidente a necessidade do planejamento e das estratégias do marketing social  para que ele possa contribuir também o crescimento do negócio.

 

Quanto ganha um influenciador? Qual o retorno do investimento no marketing de influência?

Quando o assunto é “inovação” alguns empresários mais tradicionais e que já estão no mercado há certo tempo ainda se mostram geralmente desconfiados dos resultados proporcionados pela ação. Os mais extremistas consideram perda de tempo e dinheiro.

Que pena que pensam assim em pleno 2018. Sabe por quê?

Para se ter ideia, de acordo com uma pesquisa de estudo feita pela SocialChorus, campanhas de marketing de influência podem captar um engajamento 16 vezes maior do que a publicidade paga em meios de comunicação. Por cada R$ 1 gasto em marketing social, uma marca faz em média R$ 6 de retorno. Este novo formato de comunicação com os consumidores já se consolidou no mercado como uma opção eficaz e viável.

Contudo, o investimento em estratégias de marketing social também deve ser planejado.

Em primeiro lugar sua empresa não pode se comprometer com projetos muito grandes ou investir os recursos que não dispõe. Isso seria o famoso “tiro no pé.” Para isso, determine um valor mínimo de investimento para atingir os seus objetivos sem deixar de lado a importância do valor máximo, que se aproxima ao teto máximo de investimento em ações sociais.

Com campanhas e estratégias de marketing social você não está pagando pela possibilidade de alcance, você está comprando um caminho direto para a conversão, desde que a marca em questão já tenha se consolidado.

Muitas empresas têm aumentado a sua produção de conteúdo para manter a relevância da marca em alta. O fato é que desde 2014 esse tipo de envolvimento tem diminuído. Não é que o público não tenha mais fome de conteúdo, longe disso. Mas agora preferem recebê-los em forma de vídeo. Além disso, essa prática oferece clientes muito mais valiosos do que outras táticas por uma simples razão: o famoso “boca a boca”.

Não há um caminho mais eficiente para a conversão.

 

EXEMPLOS BEM SUCEDIDOS DE ESTRATÉGIAS DE MARKETING SOCIAL:

Projeto Lavanderia

 Por dignidade e acolhimento, projeto cria espaço para pessoas em situação de rua tomarem banho. O projeto procura empoderar pessoas em situação de rua, oferecendo um espaço especial para que possam tomar banho e lavar suas roupas a um preço acessível. A ideia é oferecer mais dignidade e maiores possibilidades de ressocialização através não só da higiene, mas também de cursos de capacitação, apoio legal, psicológico e social.

Assim nasceu a Lavanderia, que funcionará no Instituto Ninho Social, onde também acontecem as atividades do Entrega por SP.

Estratégias de Marketing Social - Vamos por em prática?

Projeto Zinester

Projeto de jornalismo social usa zines para empoderar crianças em situação vulnerável. Um fotógrafo e um jornalista resolveram disseminar essa ideia começando por jovens da comunidade de Kibera, em Nairobi, Quênia. O projeto é estruturado em um workshop de 6 semanas, onde os pequenos têm aulas de fotografia e jornalismo.

E como tarefa final, a produção de um zine.As crianças que eles ajudam não estão conectadas, mas ainda assim têm voz. Incentivar esse tipo de comportamento é um tanto quanto maravilhoso, não?!

Projeto Elmo Vermijs

Esta vila colorida e movida a energia solar foi criada para pessoas em situação de rua na Holanda. O estúdio Elmo Vermijs, em parceria com uma organização de habitação social, decidiu por criar uma aldeia projetada especialmente para ajudar tais pessoas, e elevar imediatamente a qualidade de vida de quem até então estava na rua.

Bonitas, coloridas e equipadas com energia solar, as casas foram projetadas para moradores que sofrem de doenças mentais, dependência química, ou para quem simplesmente apresente dificuldades de convívio em ambientes tradicionais.

 

Campanha Câncer de Mama

A campanha já tem mais de 20 anos. Além de trabalhar a importância do autodiagnostico como fator fundamental para identificação precoce do câncer de mama, também trabalha de outras formas para arrecadar recursos e impactar a vida das pessoas que sofrem com a doença.

A iniciativa americana foi do estilista Ralph Lauren, que, após acompanhar a luta de sua amiga e jornalista Nina Hyde contra a doença, decidiu que precisava usar a moda para falar com as mulheres sobre este assunto.

Criador do alvo azul, sua campanha, abraçada pelo CFDA, fez sucesso nos Estados Unidos e logo chegou ao Brasil, primeiro País a aderir a ação. Além do Brasil e Estados Unidos, hoje a campanha está presente em diversos países como: Austrália, Canadá, Chipre, Colômbia, Grécia, Inglaterra, Irlanda, Islândia, Portugal e Japão.

Copyright © 2016 Designlab. Todos os direitos reservados.