+55 (21) 3486-3469

Em 2018 você vai precisar de uma agência de mídias sociais!

13 de dezembro de 2017
Designlab

Você deve estar por fora, mas 2018 vai te fazer precisar de uma agência de mídias sociais!

Se você começou a perceber que seu alcance nas redes sociais está diminuindo, não se assuste: essa é a realidade para todas as redes sociais. Mas se você quer mudar isso, não perca tempo e contrate já uma agência de mídias sociais.

Hoje nós vamos abrir sua mente sobre a atual situação das mídias sociais, e mais: como ela vai estar ano que vem!

Maiores quedas no alcance orgânico:

Existem alguns motivos que fazem isso acontecer, e você precisa estar atento!

  • As plataformas estão crescendo cada vez mais, e por isso, criam mecanismos para que você invista nelas. Por este fator, o alcance orgânico caba sendo reduzido, e os anúncios (que antes eram mais acessíveis), passam a ser uma opção para conseguir mais engajamento. Por isso, não perca tempo e já separe um orçamento para anúncios pagos, pois essa tendência só irá crescer em 2018.
  • O outro ponto é o seguinte: as redes priorizam a experiência do usuário. Por isso, muitas vezes sua postagem não chegará ao consumidor por não ser tão relevante para ele. Os algoritmos acabam reconhecendo isso e escolhem os conteúdos mais relevantes para seus usuários.

Mudança no quesito consumo:

Não somente novas funcionalidades surgem. Além de novas plataformas e novos meios de consumir conteúdo, novas funcionalidades também vão surgindo.

Até um tempo atrás as pessoas acessavam a internet apenas por meio de computadores. Hoje isso mudou drasticamente! Pois o grande do tráfego online vem de dispositivos móveis. O relacionamento entre usuários e marcas também mudou, e tende a cada dia mais ser um diálogo entre iguais.

É necessário entender as demandas e modos de relacionamento do seu público alvo, para adaptar sua produção de conteúdo.

Maneiras diferentes de fazer vídeos:

Outro ponto importante é o conteúdo audiovisual, que promete ganhar mais força em 2018.

Embora os vídeos continuem crescendo, será preciso entregar conteúdos e formatos cada vez mais diferenciados para chamar a atenção dos usuários e do seu público alvo em meio a tanta informação.