+55 (21) 3486-3469

Práticas de marketing digital que morrerão em 2018.

12 de janeiro de 2018
Designlab

Deixe uma agência de marketing digital cuidar da sua empresa!

Quando o assunto é investir em uma agência de marketing digital, é comum que as empresas achem que se trata só de criar uma página no Facebook.

Porém, é um grande erro desses empreendedores que acham que o marketing digital se resume apenas em ter milhões de likes sem conversão de Lead. Afinal de contas, ter uma presença online de sucesso vai muito além de apenas estar na internet.

O problema é que, por ser algo ainda relativamente novo, muitas empresas desconhecem a importância desse serviço e acabam caindo nas mãos de uma agência de marketing digital sem domínio da experiência e das práticas.

Nossa dica é: procure uma agência de marketing digital confiável e com expertise no mercado.

Marketing o que morre em 2018. Busque uma agência de marketing digital

Agora vamos falar de NOVIDADES!

Na matéria do dia 05 de janeiro, falamos sobre as tendências do marketing digital para 2018. Por isso, na matéria de hoje, falaremos sobre as tendências que vão morrer (e se você deixá-las vivas em seu planejamento, sua marca pode morrer também).

2018, já provou que será um ano de mudanças claras, vide essa notícia do próprio Facebook recentemente. Sendo assim, isso significa que muitas agências de marketing digital e profissionais que já usam estas estratégias,

vão precisar seguir novas as tendências e se readaptar.

Se você trabalha na área e está lendo essa matéria agora, é melhor se sentar, repensar e reavaliar para não perder clientes.

Vamos ver o que nos abandona nesse novo ano.
giphy (4)

Se liga!

👎🏻 E-books extensos e habilmente escritos – Sabemos que essa ferramenta nunca irá desaparecer. Mas as coisas em 2018 serão rápidas e “instantâneas” , principalmente nas mídias sociais. Os dias do longo e especial “eBook” como principal motor de geração de leads estão desaparecendo. Caso faça alguns, eles devem ser curtos e rápidos.

👎🏻 Alcance Orgânico –  Podemos dizer que em 2018 talvez seja a morte do alcance orgânico das redes sociais,

na verdade, já corria o risco de extinção desde 2014. Por isso o facebook se dividiu e agora é uma plataforma comercial

( Facebook Business) que é essencialmente “paga” e mostra muito bem que o alcance orgânico tem seus dias já encomendados.

👎🏻Otimização de texto – Esqueça grandes textos em blogs com palavras extensas, eles não podem mais ser vistos como o único meio de transmitir informações. E sentimos em avisar que, isso tem fortes implicações para o SEO. Por isso, com a onda da agilidade, os consumidores de Internet tendem a se concentrar em um conteúdo mais novo e mais atraente, tipo vídeos e imagens. Por isso, um simples aviso, basta ver o quanto a pesquisa está se tornando menos dependente do texto. Em 2018, uma estratégia de SEO baseada apenas em texto para blogs pode se tornar bastante tola,

quando as pessoas se movem em busca de voz e até mesmo em busca por uma simples câmera de celular.

Marketing o que morre em 2018. Busque uma agência de marketing digital

👎🏻 Campanhas Automatizadas – Muito cuidado com a automatização! Muitos clientes veem a estratégia como uma “marca fria e desumana”, pois não tem o cuidado de tratar cada cliente como único. Sendo assim, as empresas que mantiverem esse toque humano, mesmo em campanhas de e-mail sairão na frente. Reduza o aspecto da automação e abrace o lado pessoal.

👎🏻 Vídeos com mais de 6 segundos – Sim, é isso mesmo que você leu. Os vídeos mais curtos tornam-se mais importantes porque canais como o YouTube, estão dando preferência a esse formato. Você ainda consegue trabalhar os vídeos mais longos, mas pode esbarrar em alguns problemas.