+55 (21) 3486-3469

Simples, rápido e seguro: conheça dicas para um bom marketing digital

20 de março de 2019
Designlab

Impulsione seu alcance com dicas para um bom marketing digital

Anda desestimulado com os resultados do seu negócio pois a sua marca não aparece nos principais resultados de buscas online? Fique tranquilo! Você precisa de dicas para um bom marketing digital.

Hoje em dia, ter uma presença online estabilizada é fundamental para se destacar em meio aos seus concorrentes e aumentar a visibilidade da sua marca.

É por isso que o marketing digital é importante para todos os tipos de negócio, sejam eles online ou não.

Mas antes de tudo, é necessário conhecer as estratégias que você precisa usar!

Para te ajudar, a DesignLab seleciona 05 dicas para um bom marketing digital que vão impulsionar o seu alcance na internet, além de aumentar as suas vendas.

1. Identifique seus clientes

Identificar quem são os potenciais compradores do seu produto ou serviço é o primeiro passo!

Tente pensar nos seus clientes atuais, ou nos seus clientes ideais, e responder às seguintes perguntas:

  • Existe uma predominância de gênero, profissão, idade e região onde eles moram?
  • O que fazem essas pessoas encontrarem na sua marca a solução para um problema?
  • Se você oferece mais de um tipo de produto ou serviço, consegue identificar as diferenças entre quem compra cada um deles?

Depois dessa análise, é a hora de sintetizar tudo isso em personagens fictícios que representam as expectativas e comportamentos do seu consumidor real.

2. Palavras-chave

No marketing digital, as palavras-chave orientam na construção de sites, posts de blog, landing pages, entre outros conteúdos.

Se trabalhadas juntamente às técnicas de SEO, é provável que suas páginas fiquem bem posicionadas nos mecanismos de busca.

Isso ocorre porque quando uma pessoa acessa o Google, por exemplo, e procura por um determinado assunto, intuitivamente ela utiliza esses termos.

Ou seja, usar palavras-chave em seus conteúdos faz com que você atinja o público que está te procurando.

Por isso, é essencial que você conheça os principais termos relacionados ao seu negócio.

Para isso, você pode utilizar algumas ferramentas de palavra-chave que tornam esse trabalho rápido e preciso.

3. Conteúdos de qualidade

Um conteúdo que utiliza as palavras certas tem maior chance de aparecer nos primeiros lugares de uma busca.

Porém não basta fazer com que as pessoas apenas cliquem no seu link.

Elas precisam se interessar pelo que vão encontrar ali.

Ou seja, a base para uma estratégia de marketing digital de qualidade está em conteúdos bem produzidos e com informação útil.

Entregar as respostas que os usuários procuram é um fator determinante para criar um relacionamento com seu público-alvo e, assim, convertê-los em clientes fiéis.

Por isso, é essencial que você dedique um tempo para encontrar as pautas e temas relevantes para a sua audiência.

Pense em como o seu negócio pode ajudar essas pessoas a encontrarem soluções para os seus problemas.

Reúna todas as ações que você pretende executar e estabeleça prazos e metas.

Assim você conseguirá organizar melhor o seu tempo.

4. Esteja nas redes sociais

Mesmo que o seu negócio não seja digital, as pessoas vão buscar informação sobre você na internet.

Porém, se elas não te encontrarem, provavelmente, encontrarão seus concorrentes.

Por isso, é fundamental que você esteja presente em todos os canais que seu público-alvo utiliza para consumir informação.

Além de sites e blogs, as redes sociais são um importante canal de divulgação e relacionamento com seus clientes.

Estar presente digitalmente é uma forma de conversar com seu público, gerar engajamento e identificação com a sua marca, responder dúvidas e fazer ofertas.

Lembre-se que todas as plataformas utilizadas para as suas estratégias de marketing digital devem estar alinhadas sob o discurso da marca.

Portanto, tenha em mente qual é o tom de voz e o posicionamento da sua empresa.

5. Funil de vendas

Funil de vendas é uma estratégia é muito usada no Inbound Marketing pois permite que você guie seu cliente em uma jornada de compras.

Para isso, você deve imaginar um funil composto por 4 etapas:

  • atração;
  • conversão;
  • compra;
  • encantamento.

Essas etapas representam os momentos pelos quais o seu potencial cliente passa antes de chegar intuitivamente até a solução que você pretende oferecer.

Podemos dizer que antes de realizar uma compra as pessoas passam pelo seguinte caminho:

Para entender mais sobre como trabalhar seus conteúdos em cada uma dessas etapas, leia o nosso post completo sobre funil de vendas.